Geral

Sejam bem-vindos ao blog Self-made Money

Olá, o meu nome é Paula Duarte e decidi criar este blog para partilhar a minha experiência, conhecimentos, erros e lições retiradas ao longo da minha jornada de investidora em bolsa. Atualmente conto com mais de uma década a investir nos mercados financeiros, onde fui testando diversas estratégias de investimento. Nem todas foram bem sucedidas, mas numa dessas estratégias encontrei o meu “porto de abrigo” nos investimentos, chama-se “Investimento em Valor”

 

Porquê “self-made money”?

Escolhi o nome para este blog de “self-made money” por acreditar que a determinada altura das nossas vidas, temos de colocar o nosso dinheiro a multiplicar-se “sozinho” e a trabalhar por nós (e para nós), enquanto nos dedicamos ao nosso propósito, à nossa família/amigos ou simplesmente aos nossos hobbies.

Bem sei, que a fórmula não é simples, mas também não é impossível. Gastar bem, investir melhor e ganhar mais, são no meu entender os pontos essenciais para conquistarmos a nossa liberdade financeira (total ou parcial).  

 

Os meus primeiros investimentos

Os primeiros investimentos que realizei, remontam aos anos 2010/2011. Na altura não fazia a mínima ideia do que estava a fazer, e os resultados não foram os melhores. Comecei a “investir” em Forex e produtos derivados e rapidamente acumulei algumas perdas. Foram perdas insignificantes, porque na altura tinha acabado de terminar o curso de economia, e o capital disponível para investir era de apenas algumas centenas de euros. 

A ideia de estar a par das notícias do mundo financeiro, de poder trabalhar com “poucos recursos”, uma vez que era necessário apenas um computador, entusiasmava-me muito. Na faculdade adorava as disciplinas sobre mercados financeiros e finanças, e poder investir na bolsa e conseguir viver disso era uma ideia que eu alimentava e me dava forças para começar, mesmo sem saber o que estava a fazer e como as coisas se processavam. 

Comecei a “investir” em Forex e produtos derivados de forma alavancada, e rapidamente percebi que essa não era a minha filosofia de investimento. Felizmente, depois de alguns percalços, pausas e de algumas perdas, em 2018 a filosofia do investimento em valor veio ao meu encontro. Foi amor à primeira vista, nunca antes os investimentos na bolsa tinham feito tanto sentido como no momento em que comecei a ler (muito) e a estudar afincadamente sobre essa filosofia de investimento (contarei toda essa história, mais à frente num novo post aqui no blog).  

 

O porquê desta partilha

Decorrida mais de uma década desde que comecei com os meus primeiros investimentos, decidi criar este blog para partilhar toda essa jornada. Quero usar esta plataforma para aprender com outros investidores, e partilhar a minha experiência, os erros que não devem ser cometidos 🙂 

Espero que este blog vos faça companhia, e que possa contribuir de forma positiva também nas vossas jornadas de empreendedorismo, e de conquista da liberdade financeira. 

 

Obrigada por estarem a ler!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *