Risco Sistémico

Como o próprio nome indica, este é o risco que envolve o sistema como um todo. Como envolve todo o “sistema”, não pode ser eliminado. Todas as empresas que fazem parte do sistema estão expostas a este risco, e dessa forma os investidores em ações também o estão.

Ao longo das duas últimas décadas assistimos a dois grandes acontecimentos que afetaram o mercado financeiro como um todo: a crise financeira de 2008 e este ano (2020) a pandemia do Covid-19. Independentemente do tipo de ação, e do setor da empresa, o resultado foi o mesmo: todos os investidores viram os seus portfólios desvalorizar consideravelmente, independentemente da bolsa de valores em que as ações estavam cotadas (S&P500, Nasdaq, NYSE, PSI 20, Nikkei 225, etc.).

Não é possível anular o risco sistémico no investimento em ações. Querendo ou não, estamos sempre sujeitos a ele.

 

Se quiser obter informações mais detalhadas sobre este termo recomendamos que leia o artigo: Risco Sistémico e Não Sistémico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *